Militares Dos EUA: Os OVNIs Estão "Mil Anos" À Frente De Nossa Tecnologia

Por Cloves Roque 25/05/2021 - 14:03 hs

O Pentágono está cada vez mais fazendo declarações em voz alta, o que evidencia uma atitude mais séria do departamento militar em relação ao problema dos OVNIs. Isso teve como pano de fundo relatos em primeira mão de pilotos da Marinha dos EUA na imprensa.

Por exemplo, desde 2004, os militares dos EUA observaram várias vezes objetos não identificados no céu que se moviam de maneira inexplicável.

Discussões acaloradas surgiram imediatamente sobre se essas reuniões eram com drones e aviões desconhecidos, ou apenas ilusões de ótica, ou talvez outra coisa. Enquanto isso, alguns funcionários do governo estão convencidos de que tais eventos terão sérias implicações para o desenvolvimento de segurança e tecnologia.




Em uma recente entrevista de televisão para a CNN, o ex-chefe da Marinha dos Estados Unidos, especialista em armas, Sean Cahill elaborou um fenômeno bizarro que ele e outro piloto observaram em 2004. Eles viram um objeto misterioso na forma de “Tick-Tac”, que parecia desafiar todos os leis da física.

“Em 2004, eu era o mestre das armas a bordo do navio de guerra Prince”, disse Cahill à CNN. “Ao observar o que o objeto não identificado poderia fazer, pode-se dizer que naquela época não tínhamos proteção contra ele.”

O estranho objeto parecia ter voado de outros mundos.

“Essa tecnologia ultrapassa nosso arsenal em pelo menos centenas ou até mil anos”, disse Cahill.

Os pilotos nunca viram nada assim antes.

“Primeiro, a aeronave não tinha nenhuma superfície de controle”, explicou Cahill. “Ele não tinha nenhum sistema de propulsão que pudéssemos ver. Ele se moveu a uma velocidade hipersônica, à frente de nossos aviões entrando no ponto de patrulha de combate. Parecia que ele sabia de antemão para onde os aviões estavam indo. Não temos tais meios e capacidades em nosso arsenal ”.

A notícia chega depois que o ex-tenente da Marinha dos EUA Ryan Graves disse à CBS que ele encontrou objetos incomuns aparecendo no espaço aéreo sobre Virginia Beach quase todos os dias durante dois anos.

O ex-subsecretário adjunto de Defesa para Inteligência, Christopher Mellon, que ocupou cargos importantes sob Clinton e George W. Bush, disse à CNN que os Estados Unidos deveriam levar esses eventos a sério.

“O fato é que violações do espaço aéreo dos EUA por aeronaves não identificadas estão constantemente sendo registradas”, disse ele. “Eles têm capacidades incríveis, talvez superando qualquer coisa em nosso arsenal.

“Isso vem acontecendo há anos”, diz Mellon. - Mas eles começaram a falar sobre isso só agora. Essa é uma falha séria em nossa inteligência - afinal, estamos diante de uma ameaça desconhecida que precisa ser enfrentada. 



https://anomalien.com/